PUBLICIDADE. FAÇA A SUA PROPAGANDA AQUI! FALE CONOSCO

Seu filho sonha em jogar futebol, apenas um detalhe o impossibilita: ele não consegue andar!

 

Ela tem um filho de oito anos, talvez o seu filho já tenha passado desta idade, talvez ainda não chegou lá. É um menino loiro de olhos claros, simpático, igualzinho sua mãe. 
A diferença é que ele ainda fica em seu colo.
Ela amamentou, passou madrugadas acordadas, teve muitas dúvidas, dificuldades, assim como você. Ela sofreu com as vacinas, com o desfralde, com a busca da escola, com as faltas ao trabalho. 
A diferença é que seu filho continua sendo um bebê.
Ela acorda cedo todas as manhãs, organiza como será seu dia, prepara o café e acorda seu menino.
A diferença é que ele não se alimenta sozinho.
Ela é mais uma mãe que não conseguiu manter seu casamento, onde as diferenças e as dificuldades fizeram à diferença. Seu companheiro de vida, agora é seu filho, assim como tantas outras mães, talvez assim, como você.
A diferença é que seu filho não pode ficar sozinho.
Ela vai ao supermercado, ao mecânico, ao médico, academia, farmácia. Recebe convites de casamentos, aniversários e formaturas, tudo igual você.
A diferença é que ela não vai de mãos dadas com seu filho, ela empurra a sua cadeira.
Ela possui em seu currículo, experiências profissionais em renomadas empresas, porém, como mãe, precisou redirecionar sua profissão, bem como, muitas mães.
A diferença é que seu filho toma muitas medicações.
Ela é uma mãe com atividades diárias iguais a você, com trabalho, casa e filho.
A diferença são as sessões de fisioterapia, equoterapia, hidroterapia, fonoaudiologia, somadas as terapias psicológicas. 
Ela é uma mãe comum, como qualquer outra, sonha com um futuro melhor para seu filho, deseja que ela seja feliz, independente, que conquiste os seus maiores desejos. 
A diferença é que seu filho precisa dela integralmente.
Ele é uma criança como qualquer outra, que reza antes de dormir, que sente saudades das pessoas que ama, que chora ao sentir dor, fica agressivo quando contrariado.
Ele é uma criança como qualquer outra, que cuida dos dentinhos após as refeições, que gosta de assistir desenho, que fica ansioso quando fica em frente ao mar, que gosta de brincar.
Ele é um menino como qualquer outro que sonha em jogar futebol.
Um menino como qualquer outro, que possui na bola, seu melhor brinquedo.
Uma criança como qualquer outra, que gosta de estar com outras crianças.

A diferença, pois é, a diferença, é que ele não pode andar!

Texto: Manuela de Godoy Gaspari
Créditos: fotos do arquivo pessoal de Joseane Lima