PUBLICIDADE. FAÇA A SUA PROPAGANDA AQUI! FALE CONOSCO

Eu amo o pai dos meus filhos.

Escolhi primeiramente um companheiro, alguém que também me amasse, que compartilhasse comigo suas alegrias, mas acima de tudo, também suas fraquezas.
Escolhi alguém que quisesse estar em minha companhia.
Escolhi alguém que priorizasse nossa vida em comum.
Alguém que fez de mim sua família, fazendo de nós dois, uma terceira e uma quarta pessoa, levando um pouco do nosso amor por outros caminhos, alguns inclusive, desconhecidos.
Amo o pai do meus filhos toda vez que olho para aqueles que nasceram de mim. 
Existe um pouco dele em cada um de nossos filhos. Amo encontrá-lo no sorriso de um, ou na determinação de outro, até mesmo nas teimosias.
Amo o pai dos meus filhos quando percebo segredos entre eles, gentileza e segurança ao pegá-los no colo enquanto fala que os ama. 
Amo o quanto nosso amor se transformou, o quanto transbordou e o quanto nossa vida mudou!
Fomos dois, depois três e agora somos quatro!
Amo o pai dos meus filhos, porque dele veio a minha melhor parte!

Manuela de Godoy Gaspari
Créditos: Camila Scola | Fotografias