PUBLICIDADE. FAÇA A SUA PROPAGANDA AQUI! FALE CONOSCO

Como os bebês são feitos?

Estávamos almoçando em um restaurante, eu e o Raul, naquelas tradicionais mesas que ficam basicamente coladas umas nas outras, quando ele solta o verbo:
- Mamãe, para ter um bebê precisa engolir uma semente, né?
Quase me engasgando, já vermelha, sem coragem de olhar para os lados, respondi que sim. Pois é, bem assim, monossilábica, sem querer continuar o assunto. Deu certo, ele mesmo já tinha outras perguntas para fazer, sem que houvesse qualquer relação com a primeira. Ainda bem! Para meu alívio, os demais questionamentos eu estava confortável, sem ruborizar ao menos, porque afinal de contas, não havia me preparado para aquele momento. Na verdade, não sei se algum dia estarei!
Passados alguns meses, em casa, vestindo seu confortável pijama, nos ajustes finais para dormir, ele solta a voz novamente:
- Mamãe, quando você era criança você comia a semente de fazer os bebês?
Engolindo o riso, respondi que não, de criança não, só depois de conhecer o papai, porque eu queria ter bebês com o papai. Desta vez, o assunto não parou. Continuando, ele questiona:
- Mamãe, tu e o papai que escolheram as sementes de menino e de menina?
Me engasgando no riso, expliquei que não tinha como escolher, precisava esperar um tempinho para descobrir, como uma surpresa. Então, muito entendido no assunto, meu pequeno questionador deu um final para suas dúvidas:
- Entendi! É como a surpresa do Kinder Ovo, precisa abrir o ovo para descobrir o brinquedo!
E então, não é isso mesmo?
Concordei, abracei minha surpresa do Kinder Ovo, enchi ele de beijos, agradeci nossas conversas divertidas e, novamente, estou aqui, esperando por novas e audaciosas perguntas!

Manuela de Godoy Gaspari