Coisas que você precisa saber quando seu filho nascer!

Querida grávida, entendo perfeitamente tudo que está passando. Compreendo teus sentimentos, tua angústia e tua ansiedade. Sei exatamente como é estar grávida, porém, apenas se sentir acima do peso. Querer estar bonita, se olhar no espelho, mas não reconhecer aquela barriga que ainda não despontou para o mundo. Saiba que logo ela estará bem grande, impossível passar desapercebida, inclusive pelos olhos mais distraídos que cruzarem o teu caminho.

Eu entendo o cansaço, a dificuldade em achar uma posição confortável para dormir, a ansiedade de não saber como será o parto, de não saber como será o bebê, de não saber exatamente aquilo que ainda irá acontecer! A minha experiência pode ser diferente da sua, mas algumas coisas poderei te dizer, porque sou mãe, então, sei que vai acontecer!

Quando seu bebê nascer, você vai amá-lo ao vê-lo pela primeira vez, afinal, tenho certeza que já  ama, desde o dia que soube da sua presença, porém, não será um amor arrebatador! Verdade, não será amor à primeira vista, acredite em mim!  Aquele amor gigantesco de mãe não nasce no parto, ele é construído dia após dia, é o vínculo que tornará vocês próximos, vocês irão se conhecer, aprender um com o outro na rotina de seus dias.  Sentirão saudades quando estiverem longes um do outro, sentirás necessidade de tocá-lo, de cheirá-lo, de beijá-lo, até o dia que não saberá viver sem ele. Isso é real, pode esperar!

Você irá precisar muito mais que um pediatra! Você irá precisar de colo, de alguém que te apoie, que te ouça, que te compreenda. Você precisar muito mais que um marido, vai precisar de alguém que releve tuas tempestades hormonais. Alguém que seja muito mais que o pai do seu filho, mas que seja também o teu amigo, que entenda tua impetuosidade, delírios e até mesmo teus desequilíbrios.

Você vai precisar de amigas verdadeiras, que respeitem teu momento, teu despreparo, teu cansaço e o teu desejo de não fazer nada errado. Minha amiga, você vai precisar fechar um pouco teus olhos e filtrar teus ouvidos, mas não cale o que estiver sentindo. Você vai precisar ser sincera, com você, com seu filho, com as pessoas que estiverem contigo. Não faça nada contra sua vontade, não faça nada que te deixe desconfortável. Você vai precisar de alguma válvula de escape, então se achar necessário, escape, respire, e principalmente, relaxe!

Você vai precisar relaxar. Não se preocupe tanto, não se culpe tanto, não exija tanto de você. Muitas coisas serão perfeitas, outras sairão erradas, essa é a tua caminhada, ninguém poderá fazer aquilo que deverá ser feito por você. A perfeição não existe, tua experiência é única, teu filho é único, todos os momentos que você irá vivenciar, serão únicos, aproveite da melhor forma, faça o melhor que puder fazer, e aquilo que não conseguir, deixa seguir, deixa passar, deixa o tempo curar, porque na verdade, teu filho certamente irá te amar!

Clama, você também poderá errar, e errando, não precisa se desculpar, tente sempre se lembrar que ninguém terá o direito de te culpar ou te julgar, porque sim, você sempre terá a intenção de acertar, afinal, você é mãe, sempre desejará o melhor para aquele que é o seu bem maior!

Minha cara amiga, você irá precisar de muitas coisas, mas seu filho, esse sim, ele só irá precisar de você, então, esteja lá para tudo aquilo que ele precisar, porque na verdade, todo o resto, sim, todo o resto, pode e deve esperar!

 

Manuela de Godoy Gaspari